VÍDEOS PERTINENTES

Loading...

sexta-feira, 2 de novembro de 2012

Nota de Repúdio do Grupo Tortura Nunca Mais SP

30-Out-2012
O Grupo Tortura Nunca Mais de São Paulo está indignado e profundamente preocupado com a escalada de violência e mortes que vêm acontecendo em São Paulo nos últimos meses – e que se intensificou de maneira desmedida nesta última semana quando, segundo a imprensa, foram executadas 50 pessoas a tiros. Em comum, esses assassinatos ocorreram em bairros pobres de São Paulo, da Grande São Paulo e da Baixada Santista, além da cidade de Ribeirão Preto
 
Não é possível que não se tenha notícia da prisão dos criminosos ou esclarecimento policial quanto a essas mortes, que já integram tristemente o cotidiano do noticiário.
Gostaríamos de saber se para todos esses crimes foram abertos inquéritos policiais, acompanhados pelo Ministério Público Estadual – com investigações, exames necropsiais e de balística – com encaminhamento ao poder Judiciário.
Lembramos que a Segurança Pública é um dos Direitos Humanos, e não o contrário. Temos todos o sagrado Direito à Vida, e o Estado tem o dever de nos proteger. Temos também o Direito de Ir e Vir, mas a realidade nos mostra um informal, mas verdadeiro “toque de recolher” em muitas localidades, onde a população não sai mais à noite em hipótese alguma. Estudantes deixam de ir às aulas, jovens não saem para encontrar os amigos, famílias se trancam em casa, trabalhadores noturnos têm medo ir e de voltar do trabalho.
O que acontece em São Paulo, afinal? É preciso uma resposta urgente das autoridades, com a profundidade dos dados e com o sentimento de perda que representa a morte de tanta gente – na maioria jovens brasileiros.
QUEREMOS VIDA E PAZ PARA SÃO PAULO.
Pela Vida, pela Paz,
Tortura Nunca Mais.
Grupo Tortura Nunca Mais de São Paulo

Nenhum comentário:

Postar um comentário