VÍDEOS PERTINENTES

Loading...

domingo, 10 de outubro de 2010

VOTO OBRIGATÓRIO?!?!


Fui mesária na última eleição, e uma coisa que me deixou preocupada foi a falta de informação das pessoas quanto a obrigatoriedade do voto.
Por duas ocasiões vieram até a seção de votação pessoas com dificuldade em caminhar,  um aparentando ter sofrido um derrame, acompanhado pela esposa que o amparou até a urna eletrônica, outra recém operada, mal podia caminhar, para assinar  o caderno  fez muito sacrifício pois sentia muitas dores, ao ser  questionada do porquê havia ido até ali, a acompanhante, (pois esta não caminhava sozinha) disse que  “falaram” que tinha que ir que era obrigado, comovidos respondemos que sim, realmente o voto é obrigatório, porém, naquelas condições não haveria necessidade de ter ido até lá, até porque.

O eleitor que não votar nem justificar sua ausência nos prazos determinados pela Justiça Eleitoral incorrerá em multa imposta pelo Juiz Eleitoral que é geralmente de R$3,50 para cada eleição valendo para o 1º e 2º turnos. Sem a prova de que votou, pagou multa ou de que se justificou devidamente, não poderá inscrever-se em concurso público, obter passaporte ou carteira de identidade, renovar matrícula em estabelecimentos de ensino oficial, obter empréstimos em estabelecimentos de crédito mantidos pelo governo, participar de concorrência e praticar qualquer ato para o qual se exija quitação do serviço militar ou imposto de renda. Se o eleitor deixar de votar em três eleições consecutivas, seu título será cancelado. Para regularizar a situação é  só ir ao Cartório Eleitoral  e regularizar sua situação e receber a Certidão de Quitação.

Não se faz aqui uma defesa a não obrigatoriedade do voto,  somente trazemos uma informação aos que por  circunstâncias como a citada acima, não tenham que se sacrificar em estar indo até a seção de votação. Afinal, a grande maioria dos políticos não merecem tanto sacrifício....

Nenhum comentário:

Postar um comentário