VÍDEOS PERTINENTES

Loading...

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Desabafo de uma cidadã

Sou moradora de Sarandi há dez anos, devido a isso posso me considerar cidadã sarandiense e portanto, opinar sobre os acontecimentos desta cidade. Sarandiense de coração porque adotei Sarandi como o local onde eu e meus filhos viveríamos tranqüilos.

Dentre os moradores sou mais uma cidadã indignada com a morosidade de atitudes dos nossos legisladores nas questões municipais, isso num eufemismo expresso já que, em outras palavras, a morosidade neste caso sugere incompetência para gerir a coisa pública. Aliás, lembro a todos que "política é a arte de tratar a miséria humana", por esta realidade devemos exigir que alguém trabalhe pró-município, visto que somos nós que pagamos tudo o que eles tem e não nos é dado. Pagamos pra eles andarem de carro, e sequer temos linha de ônibus com eficiência. Pagamos os planos de Saúde deles, enquanto mendigamos no SUS.

Não se pode inferir que o problema tem a ver com os atuais conflitos políticos da Comissão Processante - não amigos - os problemas estão postos desde a posse do então prefeito e seus assessores, possivelmente não atentaram em tomar pé da situação quando da eleição, entraram em férias, fizeram festas (esqueceram) de organizar a transição de governo com as devidas providências quanto á continuidades dos serviços sociais e de saúde prioritários á população.
Fosse na esfera federal diríamos que os recursos foram com o nosso primeiro astronauta, que foi plantar feijão em algodão de cabeça para baixo e deixou a grande totalidade dos miseráveis deste país a mingua, contudo, falamos na esfera municipal porque quem esta no comando fez qual o astronauta, deixou todos em nuvens negras, com sinais patentes que vem mais tempo ruim. Estamos sofrendo por causa de políticos preocupados tão somente com o próprio bem estar, como diria Boris Caso: isso é uma vergonha! Mas eles são surdos por conveniência.

Desde inicio do atual mandato as informações são que os contratos dos testes seletivos que estavam em vigor estavam em seu período final e mesmo sabendo deste fato, não foram tomadas providências quanto a novos concursos, ou se foram, caminharam a passos de tartaruga, pois até hoje, mais de um ano de diagnosticado o problema e com a população sofrendo na pele a falta de profissionais principalmente nas áreas de saúde e assistência social, só o que temos são promessas.
Somos pertencentes à classe das cidades que sequer tem Agentes de Saúde e Assistentes Sociais, mas...dinheiro pra pagar religiosamente os salários dos políticos calhordas nunca falta, nunca faltou.

A maior parte da população vive nas periferias e há muitas famílias vivendo em situação de vulnerabilidade, necessitando do acompanhamento dos serviços da assistência social, os votos desta parcela da sociedade sarandiense não valeram?

Tenho contato com muitas pessoas que estão esperando o edital deste teste/concurso ser publicado, pois objetivam fazê-lo já que trabalhar é uma necessidade humana.além de precisarem trabalhar, também querem fazê-lo no município onde moram, o que também é meu desejo.

O mais grave é que a prioridade está sendo dada à Comissão Processante que não se sabe no que vai dar, haja vista que, historicamente no Brasil, nada do que os políticos façam, a Lei alcance com eficiência, afinal legislam em causa própria desde o tempo do Império, e, qualquer que seja o resultado teme-se que entre recursos e vinganças, estas, características de pessoas pobres de espírito, tais como os políticos, o povo continue a sofrer pela continuidade do abandono que vem se perpetuando a cada mandato de prefeito, se podemos dizer que foram prefeitos, se sabem ou querem saber o que é ser prefeito.

Artigo 5º inciso IV da Constituição Federal "é livre a expressão de pensamento, sendo proibido o anonimato”

Salete Batista com a colaboração de Amauri A. Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário